quarta-feira, 13 de março de 2013

Osteopatia

Tratamento
É um sistema de avaliação e tratamento, com metodologia e filosofia própria, que visa restabelecer a função das estruturas e sistemas corporais, agindo através da intervenção manual sobre os tecidos (articulações, músculos, fáscias, ligamentos, cápsulas, vísceras, tecido nervoso, vascular e linfático).

Uma sessão de osteopatia consiste, primeiramente, em coletar informações, através de entrevista clínica, dos sinais e sintomas do paciente para que possamos traçar e conduzir o tratamento. O próximo passo é a avaliação física, uma avaliação funcional que consiste em identificar as limitações, em que movimentos a dor se apresenta e em qual parte do movimento que a dor é mais intensificada. Para isso, realizam-se testes especiais e clínicos, para excluir possíveis lesões estruturais. Por fim, executam-se técnicas osteopáticas a fim de corrigir toda a mecânica lesional instalada.

Indicações
  • Hérnias discais lombares e cervicais;
  • Protrusões discais;
  • Cervicobraquialgias;
  • Enxaquecas e cefaléias;
  • Vertigem, tontura e labirintites;
  • Dores membros superiores e dores nos membros inferiores;
  • Rigidez cervical com dificuldade de movimento;
  • Dor torácica;
  • Alterações Digestivas (refluxo, indigestão, azia);
  • Queixa de dor, músculo-esquelética provindas de disfunções mecânicas.



Benefícios
Os benefícios da osteopatia são inúmeros proporcionando a correção e melhora da postura, melhora da circulação, alívio imediato em determinadas dores, melhora no sistema digestivo, circulatório, respiratório, linfático e imunológico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário