terça-feira, 30 de agosto de 2011

Quantificação de perda de calorias não é a mesma para todos

Quando fazemos algum exercício ou praticamos algum esporte, a primeira questão que nos ocorre é: quantas calorias eu vou perder praticando essa atividade? Achamos, erradamente, que existe uma tabela pronta de perda de calorias para todo mundo.
Para esclarecer essa dúvida, o prof. Zezinho, do setor de ginástica do SPA MED, explica o por quê dessa medição de perda de calorias não ser universal:
Quanto eu perco de calorias fazendo uma hora de bicicleta ergométrica?
Prof. Zezinho - Não dá para quantificar porque isso varia de metabolismo para metabolismo. Só existe uma forma de nós termos com exatidão o quanto a gente gasta em determinada atividade. É fazendo um teste que se chama ergoespirométrico, que avalia dióxido de carbono (CO2) e oxigênio (O2) e lança no próprio programa uma calorimetria, que vai dar com exatidão a frequência cardíaca que ela trabalha e o quanto de gasto calórico ela teve. Sem esse teste, não dá para quantificar. Existem médias mas não dá para confiar em tabelas, que são feitas em indivíduos de 70 Kg, com 1,70 m , então não é para todo mundo. Existe uma média no exercício aeróbico entre 300 Kcal/hora, mas é uma média. No geral, realmente, não dá para quantificar.
Teste Ergoespirométrico
Prof. Zezinho - O exame ergoespirométrico é feito por um cardiologista, na esteira acompanhando com eletrodos para verificar a condição cardíaca e uma máscara que vai analisar o oxigênio e o CO2.

30/08/2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário