segunda-feira, 14 de março de 2016

VOCÊ CONHECE OS MACRONUTRIENTES?


CARBOIDRATOS

A primeira fonte de energia do corpo. Erroneamente, muitos acreditam que os carboidratos
são os vilões das dietas. Mas na verdade eles são a nossa maior fonte de
energia e a única fonte de energia para o cérebro. São os primeiros a serem utilizados
como fonte de energia no nosso organismo.
Entre os alimentos ricos em carboidratos encontram-se: Arroz, macarrão, pães,
batata, batata doce, mandioca, mandioquinha, cará, milho, farinhas, frutas, mel,
geléias...

PROTEÍNAS

Os alimentos construtores. Elas estão intimamente relacionadas com a fabricação
de proteínas que compõem os tecidos do organismo como também na composição
de enzimas e hormônios, participam da defesa do organismo na forma de anticorpos.
A quebra da proteína resulta em aminoácidos. Alguns aminoácidos são descritos
como essenciais, pois o organismo não consegue produzi-los em quantidades suficientes,
por isso, eles devem ser adquiridos através da alimentação. Os aminoácidos
têm importância na síntese de vitaminas e de transmissores cerebrais como a
serotonina.
Os alimentos ricos em proteínas são os de origem animal (carne vermelha, aves,
ovos, peixes, leite e derivados). Entre as leguminosas que apresentam teores significativos
de proteínas está o feijão, soja, lentilha e ervilha.

LIPÍDIOS

O nutriente energético. A gordura além de fornecer energia, transporta algumas vitaminas
e tem participação no sistema de defesa além de manter a temperatura
corpórea, porém deve compor no máximo 30% do valor calórico total da dieta. Entretanto,
alguns pequenos cuidados podem ser tomados, dê preferência às gorduras
de origem vegetal, compre óleos de canola, milho ou girassol. Com esse simples
cuidado ocorre um aumento da ingestão de gorduras insaturadas e polinsaturadas
relacionadas com o aumento do colesterol bom. Alimentos fonte ou ricos em gorduras:
óleos, manteigas, margarinas, azeites, castanhas, nozes, bolos, tortas, doces,
maioneses, molhos e cremes.

POTÁSSIO

O potássio é um elemento de origem mineral que está presente principalmente
em alimentos de origem vegetal como as frutas e verduras. Os alimentos ricos
em potássio são importantes para evitar a fraqueza muscular e as cãibras
durante a prática de exercícios físicos.
Aumentar a ingestão de potássio pela escolha de alimentos como feijões,
ervilhas, vegetais de cor verde-escura, banana, melão, cenoura, beterraba,
frutas secas, tomate, batata inglesa e laranja. Exerce também o efeito antihipertensivo
e tem ação protetora contra danos cardiovasculares.

ONDE ESTÁ O SÓDIO E QUAIS ALIMENTOS DEVEM SER EVITADOS?

Alguns alimentos como os vegetais, o leite a as carnes têm sódio natural,
em outros o sódio é acrescentado em forma de sal como os presuntos, salsichas,
salame, salgadinhos, temperos industrializados e enlatados em geral.
Os alimentos que são enriquecidos com o sal e que, portanto são ricos em
sódio, devem ser consumidos com moderação ou evitados para que se tenha
um bom controle do sódio no corpo. 
Lembre-se que você pode diminuir o conteúdo de sódio, da seguinte forma:

• Diminua a quantidade de sal e temperos industrializados das suas receitas,
evite ao máximo comer alimentos ricos em sódio, procure sempre
as informações nas embalagens;

• Utilize o sal light, que tem uma redução de 50% de sódio na sua composição,
ele pode ajudar a diminuir a quantidade de sódio da sua dieta;

• Temperos e especiarias naturais podem realçar os sabores de alimentos
como arroz, feijão, saladas, aves, peixes, carnes e molhos;

• Para variar os temperos e substituir o sal você pode usar alho, cebola,
salsinha, cebolinha, açafrão, pimenta, manjericão, alecrim, orégano, louro,
vinagre. 

Use, experimente e veja qual deles você se identifica mais!

Corpo Clínico Spa Med Sorocaba Campus