quinta-feira, 29 de setembro de 2011

PILATES: múltiplos benefícios em uma única atividade física

Pilates é um método que utiliza uma filosofia de treinamento que integra corpo e mente, com o objetivo de se conseguir um controle preciso do corpo. É uma forma de exercício físico disciplinado e direcionado com a finalidade de melhorar a flexibilidade, alongamento e fortalecimento muscular.
O método Pilates foi criado pelo alemão Joseph Hubertus Pilates, no início do século XX. Joseph teve uma infância marcada por um estado de saúde muito delicado, pois sofria de asma, raquitismo e febre reumática. Sua determinação o levou a estudar várias formas de condicionamento físico, incluindo yoga, técnicas greco romanas, entre outras.

Junto à sua prática, Joseph estudou anatomia, fisiologia, medicina oriental e ocidental. Ele acreditava que ser saudável era ter uma mente forte e com ela obter o controle total do próprio corpo.

Durante a I Guerra Mundial, aplicou seus conhecimentos para ajudar na reabilitação de soldados feridos e mutilados. Começou, então, a experimentar exercícios utilizando as molas das camas e outros acessórios improvisados, e descobriu que eles possibilitavam o condicionamento de pacientes debilitados.

Em 1926, foi para os Estados Unidos e fundou o primeiro estúdio de pilates, em Nova York, num prédio destinado a estúdios de dança. Através do condicionamento e da reabilitação de lesões dos bailarinos, o método foi sendo difundido para outros setores da sociedade.

Pilates definia que o condicionamento físico ideal é: obtenção e manutenção do desenvolvimento uniforme do corpo, saúde mental e ser capaz de executar com facilidade e naturalidade nossas tarefas diárias. Desde o início, o método foi baseado em alguns princípios básicos: respiração, concentração, centro, precisão, controle e fluidez.
Além de atuar no alongamento e fortalecimento muscular, o método pilates proporciona aumento da capacidade cardiorrespiratória, melhora da coordenação motora, equilíbrio, postura e mobilidade articular. Previne lesões, diminui dores crônicas, ansiedade e retarda o desenvolvimento de osteoporose.
Devido restritas contraindicações, o pilates pode ser praticado por todas as idades e diversos níveis de aptidão física, desde reabilitação até na melhora do desempenho de atletas.

Tatiane Lopes
Fisioterapeuta
Daniel F. Pellegrino dos Santos
Cardiologia e Medicina do Esporte


29/09/2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário